Depilação a Laser

Farto(a) de sofrer todos os meses com a depilação? Ainda é do tempo da gillete e da cera? Conheça a Depilação Definitiva a Laser SHR, o método mais avançado do mercado para eliminar de uma vez os pelos!

A tecnologia SHR é definitivamente o tratamento mais confortável e seguro, tanto para si quanto para o profissional que realiza sua aplicação, pois diminui consideravelmente os riscos de queimadura na pele. É o único tratamento que responde eficazmente a todos os fototipos de pele (peles brancas, negras, bronzeadas). A grande vantagem do Laser SHR (Super Hair Removal) em relação à outros tipos de laser é que utilizamos uma energia baixa e muita repetição de movimento sobre a pele (tecnologia in motion), ao contrário dos outros lasers onde se efectua um único disparo sobre o folículo do pelo para que ele absorva toda a energia e calor. É esse único disparo que torna o tratamento doloroso e aumenta o risco de queimaduras.

Com o Laser SHR o folículo piloso é aquecido gradualmente até queimar ao passo que a pele, com menos melanina, nunca chega a atingir um nível alto de desconforto. O nosso aparelho de Depilação A Laser SHR está equipado com um exclusivo sistema de refrigeração ExtraCOOL que confere um arrefecimento instantâneo da pele logo após o disparo do laser (o mecanismo impede queimaduras e evita que o processo seja doloroso).

Indicações:

✓ Qualquer idade entre os 18 e os 70 anos;
✓ Qualquer fototipo de pele (homens e mulheres);
✓ Qualquer tipo de pelo (loiro, fino, grosso, cinzento);
✓ Qualquer que seja a área, excepto áreas com tatuagens ou zona de sinais próxima da área a tratar;
✓ Garantia de sucesso & eliminação do pelo.

Contra-indicações:

✓ Clientes com próteses eléctricas ou pace-maker;
✓ Grávidas;
✓ Clientes em tratamento oncológico;
✓ Doenças relacionadas com a coagulação do sangue;
✓ Utilização recente (48h) de Aspirina;
✓ Incapacidade mental ou desordens mentais.

– Situações que podem pôr em risco a eficácia do tratamento –

• Distúrbios hormonais causados por doenças (como o ‘hirsutismo’) ou por tratamentos de fertilidade (FIV, por exemplo);
• Tratamento interrompido antecipadamente (nunca deverá ser realizado uma pausa maior do que 60 dias); • Gravidez antes da conclusão do tratamento;
• Falta de preparação da pele para a sessão (pêlos encravado, folículo piloso inflamado ou com pústulas, etc).

Sinta uma pele maravilhosamente suave… Que depilações quase diárias deixem de fazer parte da sua rotina!